Como Cultivar Orquídeas: 4 Pontos Vitais para estar Alerta

Orquídea

A natureza é repleta de gratas surpresas. Basta observar ao seu redor, muitas peças importantes e belas aparecerão. As plantas são exemplo disso e há quem diga que elas podem mudar o clima de um ambiente. Não é de se duvidar, já que elas trazem frescor e cor para os mais diferentes locais. Mas para isso, é preciso estar atento ao modo de cultivar orquídeas.

Entre as flores, algumas precisam de atençao especial, e a criação de um belo jardim necessita de cuidados. Isso quer dizer que elas requerem procedimentos que as façam sobreviver por mais tempo, ações especiais que outras plantas, que são mais fortes, não precisam ter.

Quando estamos tratando de uma flor que exige mais foco, as orquídeas se destacam. A criação desse tipo de planta requer cuidados essenciais. Diferente do que alguns pensam, não é necessário trabalhar com produtos químicos. As açoes naturais podem solucionar a questão de longevidade dessa flor que é admirada por tantas pessoas.

 

Como cultivar orquídeas

Parece uma tarefa simples, mas o cuidado com qualquer tipo de planta deve ser delicado, principalmente as que têm flores. Elas são as que mais precisam de atençao e as orquídeas não são diferentes.

O primeiro e mais importante conselho que se pode dar para quem cultiva esse tipo de flor é sobre a reprodução do ambiente natural. A planta precisa das condições mais próximas do seu habitat natural para se desenvolver bem, ou seja, a qualidade de vida da planta está totalmente ligada às condições que está submetida, em questão do ambiente.

Por ser uma flor bem delicada, o cuidado no cultivo da orquídea deve ser de muita atenção e carinho. Dessa forma, a planta consegue crescer bem e se manter forte, saudável e bonita por mais tempo.

A preocupação também varia um pouco de acordo com cada tipo de espécie de orquídeas. Porém, no geral, as flores precisam de pouca luz, apoio em árvores ou suporte de madeira e um local que sejam escondidas do sol por galhos ou folhas. Para reproduzir um ambiente ideal, é preciso ter umidade no ambiente, já que a planta tira boa parte da água que precisa do ar.

 

cultivar Orquídea Beallara Tahoma Glacier

 

Orquídeas em jardins

Quando trazemos qualquer planta que não seja do ambiente para compor um jardim, é preciso trazer também alguns elementos que a façam sentir em casa. Se ela percebe que o local no qual está não é o seu original, as condições favorecem sua morte precoce.

Assim, alguns pontos devem ter a atenção de quem cultiva orquídea. O primeiro é onde ela estará alocada. É melhor que elas estejam dentro de um vaso de barro, pois suas substâncias são mais porosas, o que ajuda na drenagem da água. É necessária um cuidado especial para que a planta não fique encharcada.

Outro ponto importante é como ela será regada. Como elas curtem água de uma maneira muito equilibrada, o elemento em excesso pode fazer muito mal. Então, quando for regar, deixe o solo dela nitidamente úmido, mas não repita essa ação diariamente. Duas a três vezes por semana é o suficiente. Lembrando que isso pode variar de acordo com a umidade do ar.

Diferente de outras plantas, a quantidade de água pode matar a orquídea. Sim, a aplicação de água nelas é um dos maiores motivos para a morte prematura da flor. Assim, no verão, os orquidários molham o chão para que a umidade evapore e a planta possa captar sua própria água.

É importante lembrar que cada espécie pode requerer um tipo de cuidado específico. Isso significa que a observação da planta e dos fatores climáticos são muito importantes. Já que isso interfere diretamente na quantidade de água que a flor necessita receber.

 

Luz para as orquídeas

Um detalhe muito importante que voce, que vai aprender a cultivar orquídeas, é que elas apreciam lugares amenos, ou seja, nos quais estejam protegidas da luz direta do sol. Então, esse tipo de planta não pode ser exposto a jardins abertos com flores muito rasteiras. Para ambientes que recebam muito sol, é preciso que esteja estrategicamente posicionada em lugares com a cobertura de outra planta.

Assim, as orquídeas gostam de lugares frescos que tenham luminosidade, mas que não tenham contato direto com o sol, pois ele pode deixá-las desidratadas. As suas flores gostam dos primeiros raios da manhã, então, se quiser que elas se sintam bem, use o horário para deixar elas expostas e depois as resguarde.

Um sinal que a própria planta dá é a coloração das folhas. Se elas estiverem ficando muito amareladas, isso é sinal de que as orquídeas estão recebendo muita luz, o que não faz bem para elas. Orquídea saudável é uma flor com as folhas verdinhas.

 

orquídea Cattleya Labiata

 

Adubação de orquídeas

Outro ponto importante é a quantidade de adubo que você disponibiliza para a planta. Isso porque, no caso das orquídeas, pior do que a falta de adubo é seu excesso. A flor precisa de nutrientes para poder sobreviver, mas a fartura é muito perigosa.

Assim, cada tipo de adubo pede uma quantidade e forma de aplicar diferentes para a planta. É preciso se atentar muito para o rótulo com todas as instruções. Opte por adubos orgânicos, que, no geral, respeitam mais as características naturais da flor, a deixando em um ambiente mais familiar.

No rótulo, estarão todos os passos para serem seguidos. Principalmente, ligados à aplicação dos produtos, o que se torna muito importante. É preciso se atentar a isso para que se tenha uma planta totalmente saudável.

É isso! Mas voce pode se aprofundar e aprender todos os segredos com um cultivador com mais de 20 anos de experiencia, clique aqui. Ele vai lhe mostrar passo a passo a como cultivar orquídeas de forma profissional.

 

cuidados

 

 

Manual para cuidar de orquídea